A todos os governos: aconselhem o uso da vitamina D aos seus cidadãos agora para o covid-19

🇬🇧 English

Vamos juntos fazer isso acontecer. Compartilhe está página em suas redes sociais.

COMPARTILHE!

Data da Publicação: 16 de julho de 2020
Última Atualização: 5 de agosto de 2020

O mundo tem sido duramente atingido pela crise do Covid-19. Algo que foi esquecido na batalha contra o vírus é o uso da vitamina D. Mas espere? Não pode ser tão simples assim que uma vitamina possa nos ajudar, certo? Bem, a vitamina D desempenha um enorme papel em nosso sistema imunológico e grande parte da população mundial possui níveis muito baixos dessa vitamina (Fonte). Tomar vitamina D não elimina o todo o problema, no entanto, é possível contribuir muito para superar essa crise.

Assista abaixo o vídeo, de aproximadamente 5 minutos, com as informações sobre o motivo da vitamina D ser importante no momento.

YouTube: 22 de maio de 2020, o Dr. John Campbell, em um pequeno vídeo, explica a importância dos níveis suficientes de vitamina D. Fonte: canal do YouTube John Campbell (mais de 700 mil inscritos)

Porque nossos níveis podem estar muito baixos?

Você recebe a vitamina D, em uma pequena parte, de sua dieta. Mas a maior parte dela, o seu próprio corpo terá que criar. No entanto, é necessário estar no sol ☀️ para que sua pele possa fazer isso. Com o estilo da vida moderna, nós
passamos a maior parte do dia em ambientes fechados, e acabamos não recebendo tanto sol em nossas peles, fazendo com que nossos níveis de vitamina D diminuam (Fonte).

As pessoas que possuem uma pele mais escura, especialmente, criam vitamina D menos rapidamente, isso ocorre porque são mais altamente protegidas dos raios solares.

COMPARTILHE!

Como obter níveis de vitamina D suficientes?

Saia diariamente em dias ensolarados e nublados, para garantir a dose de exposição ao sol, com grande parte da pele descoberta. Leve em conta que muita exposição solar desprotegida pode levar ao desenvolvimento de câncer de pele.
Várias fontes (1, 2) relatam essa regra. Esta regra diz: Níveis ótimos de vitamina D são formados quando você passa desprotegido ao sol pela metade do tempo durante o qual levaria um tempo para que você se levantasse um pouco de sol.

Tome um suplemento com a dosagem abaixo, de acordo com a idade.

IdadeDosagem (microgramas)Dosagem (IU)
7-12 Mêses10 400
1-11 Anos10400
Acima de 11 Anos251000
Valor das dosagens recomendada para cada faixas etárias. UI = Unidades Internacionais

Embora isso seja uma dosagem um pouco maior do que a recomendada pelas Autoridades Europeias de Segurança e Alimentos, ainda está muito seguro. Isso porque, muitos estudos recomendam tomar doses um pouco mais altas para
manter os níveis sanguíneos ideais (Fonte). Especialmente se você tiver uma cor de pele mais escura. Se possível, você pode consultar seu médico para aconselhamento pessoal.

Se meus níveis de vitamina D estiverem bons, não serei mais infectado com o Covid-19?

Não, é provável que você ainda fique doente com o Covid-19. No entanto, existem estudos indicando que pessoas com melhores níveis de vitamina D superarão uma infecção do Covid-19 mais fácil e rapidamente. Isso tornaria a covid-19 um problema menor. Não é garantido que você não tenha sintomas graves de uma infecção por covid-19 quando tiver vitamina D suficiente.Continue tomando precauções para não ser infectado e transmitir o vírus.

Qual a evidencia cientifica para o papel da vitamina D no Covid-19?

A resposta a esta pergunta é bem mais simples do que se poderia pensar. Hã? É altamente improvável que haja danos em tomá-lo para prevenção. E muito provavelmente terá uma contribuição. Então, por que esse conselho deve ser aplicado somente após a execução de testes que levam muito tempo? Faça isso agora.

A crise do Covid-19 deixou algo claro para mim (escritor desta página). Sabe-se que, cientificamente comprovado, a vitamina D desempenha um papel importante no sistema imunológico (Fonte, Harvard). Até agora, existem apenas os
chamados estudos observacionais disponíveis (1, 2, 3, 4) que mostram a relação entre baixos níveis de vitamina D e alta chance de desenvolver sintomas graves por uma infecção por covid-19. No mundo científico, apenas os estudos observacionais não são o suficiente para que os resultados façam parte dos protocolos. Para isso, são necessários ensaios. Os ensaios demoram meses, ou, até mesmo, alguns anos. No entanto: Lá. É. Não. Hora! Para os medicamentos, é melhor compreender que são necessários ensaios. Porque isso faz parte dos protocolos de tratamento. Mas a vitamina D pode ser usada como prevenção, não como tratamento (embora possa fazer parte dos protocolos de tratamento também pelos médicos). Os cientistas são muito cuidadosos, com o que faz parte do trabalho deles, mas também podem ter medo de ‘fazer a ligação’. Em circunstâncias normais, não são eles que tomam decisões ou aconselham, mas, durante uma
crise, as coisas são diferentes, pois, a vitamina D é uma molécula que o corpo é capaz de fazer, muito diferente de uma droga.
Apenas considerar esse possível fator. Talvez depois mostre que não ajudo, e daí? Não a apresente como uma cura, mas a apresente como possível contribuição para o problema. É uma questão de boa comunicação. Não deixe essa
oportunidade passar

Publicação científica de uma metanálise da vitamina D em infecções agudas do trato respiratório:


Martineau Adrian R, Jolliffe David A, Hooper Richard L, Greenberg Lauren, Aloia John F, Bergman Peter et al. Vitamin D supplementation to prevent acute respiratory tract infections: systematic review and meta-analysis of individual participant data BMJ 2017; 356 :i6583
https://www.bmj.com/content/356/bmj.i6583

Conclusão (do Resumo):
“A suplementação de vitamina D era segura e protegida contra as infecções agudas do trato respiratório em geral. Pacientes que eram muito deficientes em vitamina D e aqueles que não receberam doses em
“bolus” tiveram o maior benefício. ”

O que podemos fazer agora?

O fator “Vitamina D” nesta crise é algo que podemos abordar facilmente. Seu efeito seria mais eficiente se os governos aconselharem seus cidadãos a tomar um suplemento de vitamina D ou se os fornecesse de forma gratuita. A chave
para isso é a conscientização. Até agora, esta tem sido uma opção negligenciada por muitos. Ao compartilhar esta mensagem, o máximo possível, podemos alcançar muitas pessoas e, entre elas, as pessoas responsáveis nos governos.

COMPARTILHE!

É seguro tomar suplementos de vitamina D?

Sim, muito seguro. Mas, leve em conta o limite para a ingestão diária, de dieta e suplementos juntos. Os institutos de saúde já estão, antes da covid-19, aconselhando que os níveis sejam suficientes. E é uma vitamina, um nutriente que ocorre naturalmente. Estes limites são determinados pela EFSA nos seguintes valores:

age (years)Ingestão máxima (microgramas)Ingestão máxima (IU)
0-125 1000
1-11502000
Acima de 11 Anos1004000
Source: European Food Safety Authority – Scientific Opinion on the Tolerable Upper Intake Level of vitamin D IU = International Units

Nota: esta é a ingestão total, portanto, de alimentos e suplementos juntos. Alimentos ricos em vitamina D são, por exemplo, peixes e ovos gordurosos. Dependendo da região ou país em que você mora, você também pode tomar produtos em que a vitamina D foi adicionada (enriquecido), como, por exemplo, leite. Uma dieta regular não contém muita vitamina D, portanto, não é provável que você passe na ingestão de nível
superior.

Mas eu li na mídia que eu tenho que ter cuidado com a vitamina D?

Parece que a mídia às vezes sente a responsabilidade de minimizar o “Hype” para garantir que as pessoas não exagerem no uso de vitaminas. Este artigo da CNN é um exemplo disso. Infelizmente, no processo de tentar informar, faz com as dúvidas surjam entre o público. Isso resulta em uma atitude passiva por parte do público e muitos deles não tomam um suplemento de vitamina D. O que é muito lamentável. É claro que não há evidências para o Covid-19, particularmente,
como o artigo está declarando, porque é um novo vírus. E é claro que você não precisa tomar doses extremas. No entanto, não há mal algum em obter nossos níveis suficientes. É importante continuar usando o bom senso. Para uma grande quantidade de pessoas, um suplemento é muito necessário.

E as áreas quentes como o Brasil e a Flórida? Covid-19 bateu lá também

Ao contrário do que se poderia imaginar, mesmo nesses locais, pode haver uma deficiência para grande parte da população (Fonte). Esse é o resultado de trabalhar dentro de casa durante o dia e do uso de protetor solar e sendo coberto pela roupa. Para pessoas com pele mais escura, esse é especialmente o caso.

Por que nem todos os governos dar este conselho ainda?

Uma possível explicação é que o papel das vitaminas na prevenção de doenças é frequentemente negligenciado. Na maioria das vezes, considera-se que a doença é tratada quando ocorre e não se dá importância quando a doença não aparece.
Além disso, a visão predominante é que, para um problema complexo, provavelmente serão necessárias medidas médicas complexas. Vitaminas e minerais podem ter a reputação de serem nutrientes “simples”, sem grande impacto.

Não é dito que a covid-19 não será mais um problema quando todos atingirmos os níveis de vitamina D suficientes, no entanto, é um fator que poderíamosfacilmente cobrir. Provavelmente contribuirá e é muito improvável que tenha uma
contribuição negativa.

Lista de países que aplicam em que há o aconselhamento sobre a vitamina D durante crise de Covid-19

Egito (médicos em hospitais, Fonte)
Eslovênia (Pacientes frágeis em casas de repouso, Fonte)
Escócia (Fonte)
País de Gales (Fonte)

Você conhece algum outro país que fez parte de sua política? Por favor, preencha o formulário abaixo!!

Citações interessantes

“Therefore, it is recommended that improving vitamin D status in the general population and in particular hospitalized patients has a potential benefit in reducing the severity of morbidities and mortality associated with acquiring COVID-19.”
Fonte: Vitamin D Sufficiency Reduced Risk for Morbidity and Mortality in COVID-19 Patients, Maghbooli et al, July 14 2020

Interviewer: “Should we be trying to increase our vitamin D levels, not least for all the other benificial effects it has, but just in case it helps in developing a more severe covid-19 infection?” Professor: Yes definitely.”
Fonte: Covid-19: the role of vitamin D – podcast – the Guardian, May 27 2020, at 12:58 minutes. Sarah Boseley talks to professor of nutritional science Susan Lanham-New

“In the meantime we recommend that more publicity be given to current guidelines for vitamin D dietary intake and supplementation as denoted by the public health agencies in the USA, UK and Europe. “
Fonte: Vitamin D and Inflammation: Potential Implications for Severity of Covid-19 Irish Medical Journal, Laird et al

Mais Fontes:

youtube

Should you take Vitamin C and Vitamin D for Coronavirus? – Dr. Mike Hansen, MD, March 9 2020

Vitamin D and immunity – John Campbell PhD, March 9 2020

Articles

Experts criticise government review of Vitamin D for COVID-19 – NutraIngredients.com, July 2 2020

Calls to add vitamin D to anti-coronavirus arsenal – The Australian, July 20 2020

Coronavirus lockdown has made us more vitamin D deficient – New York Post, July 6 2020

Governmental nutritional information

Vitamin D factsheet – National Health institute USA

Scientific publications:

Gordon Shotwell is publishing since May 2020 on the topic of Vitamin D and covid-19. He set up a Github page with an overview of scientific publications and more.

A Basic Review of the Preliminary Evidence that Covid-19 Risk and Severity is Increased in Vitamin D Deficiency – Linda Benskin PhD, July 2020

Ilie PC, Stefanescu S, Smith L. The role of vitamin D in the prevention of coronavirus disease 2019 infection and mortality. Aging Clinical and Experimental Research. 2020 Jul;32(7):1195-1198. DOI: 10.1007/s40520-020-01570-8.
https://europepmc.org/article/MED/32377965

D’Avolio, Antonio, et al. 25-hydroxyvitamin D concentrations are lower in patients with positive PCR for SARS-CoV-2. Nutrients 12.5 (2020): 1359.
https://www.mdpi.com/2072-6643/12/5/1359/htm

De Smet, Dieter, et al. Vitamin D deficiency as risk factor for severe COVID-19: a convergence of two pandemicsMedRxiv (2020).
https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.05.01.20079376v2

Maghbooli, Zhila, et al. Vitamin D Sufficiency Reduced Risk for Morbidity and Mortality in COVID-19 Patients. Available at SSRN 3616008 (2020).
https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=3616008

Alguma sugestão para esta página? Crítica? Artigos? Vídeos? Por favor, deixe abaixo

Quem está por trás desta página?

Esta página é feita por mim, John, um cidadão individual da Holanda. Não existe nenhuma empresa por trás desta página que tente promover a vitamina D. Eu não sou médico. Não tenho nenhum interesse financeiro neste assunto. Por
acaso, eu tinha muito tempo livre por causa da crise da coroa e a saúde é um assunto que me interessa há algum tempo. Ao criar este site, tentei criar um documento com informações acessíveis para quem não é especialista e que é
facilmente compartilhado pelas mídias sociais. Com a ajuda das mídias sociais, é possível espalhar essa importante mensagem.

COMPARTILHE!